Horários de atendimento:
Seg. a Sex. 8h às 23h | Sab. 8h às 21h | Dom. 10h às 18h
0800 Live TIM
0800 729 0291
0800 770 5900
Live TIM Phone
Ligamos para você em até 60 segundos!
Contato enviado com sucesso!
Entraremos em contato o mais rápido possível.
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Internet das Coisas

O que é Internet das Coisas?

Saiba o que é IoT e como ela irá transformar o futuro

IoT é a sigla para o termo em inglês “Internet of Things”, que em português significa Internet das Coisas. Em comum entre os vários “objetos inteligentes”, como smart TV, smartphone, smartwhatch e até geladeira e ar-condicionado, existe a conexão com a internet.

Como surgiu o termo internet das coisas

Antes de surgir o conceito de IoT, a única forma de estar conectado, era através do computador. Com o avanço de novas tecnologias, a internet começou a fazer parte de uma infinidade de outros dispositivos. Atualmente, a IoT é pauta de artigos científicos e acadêmicos, além de diversas matérias sobre novas tecnologias para a indústria automobilística, hospitalar e nos mais diversos segmentos.

IoT (Internet of Things) internet das coisas

Aqui você vai aprender tudo sobre Internet das Coisas, suas aplicações e sua evolução

Internet das coisas conceito

O conceito surgiu na década de 1990, quando Kevin Ashton fazia pesquisas no campo da identificação por radiofrequência em rede (RFID) e tecnologias de sensores (Wireless Sensor Network), no Laboratório de Auto-ID do Massachusetts Institute of Technology (MIT). A ideia inicial era criar um registro global de objetos usando um sistema de numeração único, chamado código eletrônico de produto.

Como funciona a internet das coisas

Significa que todo e qualquer tipo de objeto estará conectado à internet. Não só enviando ou recebendo dados da rede, mas também se comunicando com outros objetos, permitindo a interação e ampliando as possibilidades. O melhor exemplo disto são os carros autônomos, onde cada veículo capta as informações da web, como itinerários, rotas, atalhos e a situação do trânsito em tempo real, além de enviar e receber dados de outros veículos, evitando uma colisão, por exemplo.

Internet das coisas aplicações

O termo vem evoluindo, assim como suas aplicações. Hoje, a Internet das Coisas consiste em uma conexão avançada de dispositivos, sistemas e serviços. Um exemplo de serviço que já utiliza desse conceito e todos estão acostumados é a tag que alguns carros utilizam em seus para-brisas (sem parar).

Exemplos de internet das coisas

O código das tags é justamente aquela numeração única citada anteriormente, onde, ao passar sob o sensor, as cancelas de shoppings e pedágios liberam, ou não, a passagem do usuário. Parece bem simples, mas na realidade vários sistemas precisam se comunicar para isso acontecer.

O primeiro sistema é o da própria cancela, que gera uma cobrança automática do valor a ser cobrado. Em décimos de segundos essa informação é enviada para a operadora do cartão de crédito do usuário, que processa a cobrança em seu próprio sistema e, não havendo empecilhos, efetua a “compra”. O valor é creditado na conta da concessionária responsável pelo estacionamento ou estrada e a passagem liberada para o usuário.

A Internet das Coisas na saúde

Muitas pessoas já utilizam smartwatches emparelhados com os seus smartphones. Esses “relógios inteligentes” são capazes de monitorar sinais vitais, como a pressão arterial e batimentos cardíacos. Além disso, o histórico fica armazenado, facilitando o diagnóstico de doenças e prevenido possíveis ataques cardíacos. Hoje, já é possível implantar um chip subcutâneo capaz de monitorar e registrar vários dados, como o tipo sanguíneo, ou caso o paciente seja alérgico a alguma substância, por exemplo.

Sem dúvida, esse é um caminho muito importante para a medicina preventiva, em que o importante é manter a saúde do paciente, mais do que combater doenças. Futuramente, especula-se que o monitoramento de índices como a glicemia, no caso de pacientes com diabetes, seja feito em tempo real e enviado para bancos de dados onde o ele será alertado, antes mesmo de sentir os sintomas, quando esses índices estiverem alterados, tanto para mais, quanto para menos.

Internet das coisas nas casas

O funcionamento da Internet das Coisas depende de conexão com a internet. Hoje com a tecnologia 4G é possível ampliar ainda mais suas aplicações. Isto é, as luzes que acendem antes do proprietário chegar em casa, a geladeira que avisa quando algum produto está acabando, ou as persianas que descem e sobem, não apenas em horários pré-determinados, mas também conforme varia a iluminação externa. Uma casa conectada à internet irá garantir o bom funcionamento de tudo, assim, basta estar conectado para executar a função desejada!

Cada ser humano está cercado por 3 mil objetos, em média. Isso demonstra o potencial de crescimento de todas as “coisas” conectadas à internet. Quanto mais objetos interligados, mais dados podem ser captados e compartilhados, melhorando a experiência do usuário (UX). Isso também irá contribuit com o desenvolvimento de novos produtos, pensados para facilitar ainda mais nossas vidas, como smart TV, smartphone, smartwhatch e até geladeira e ar-condicionado. Para usar todos os dispositivos, é preciso uma conexão de qualidade e alta velocidade. O mais indicado, nesse caso, são os serviços de Ultrafibra para casa da Tim Live. Qualidade de serviço e velocidades incríveis!

Internet das coisas nas empresas

A Amazon, gigante varejista on-line, possui uma cadeia de lojas de conveniência nos Estados Unidos chamada Amazon Go (https://www.youtube.com/watch?v=NrmMk1Myrxc). Nela os clientes podem entrar, pegar qualquer produto da prateleira e sair sem a necessidade de passar pelo caixa. A cobrança é feita diretamente pelo app da Loja, onde o usuário precisa estar com um cartão de crédito vinculado à sua conta.

Esse sistema é possível graças à tecnologia de câmeras e sensores, combinados a algoritmos altamente desenvolvidos para identificar qualquer produto retirado da gôndola. O item é adicionado à lista de compras automaticamente e sensores instalados na saída enviam a cobrança para o cartão de crédito do cliente, sem fila ou caixa-registradora.

Foram necessários anos de planejamento e testes até tudo funcionar adequadamente. Hoje, são doze lojas, sendo a mais recente delas inaugurada no início de maio, em Nova York. Por enquanto, todas as lojas Amazon Go ficam nos EUA, porém a gigante varejista pretende abrir 3.000 lojas do modelo até 2021.

Internet das coisas na indústria

Quando otimizados, os processos industriais elevam a margem de lucro, além de gerar menos resíduos e desperdícios. Os mais variados setores da indústria contam com máquinas inteligentes e robôs autônomos, capazes de desempenhar funções complexas. Essa área específica vem sendo chamada de IIoT, ou Industrial Internet of Things, em português, Internet Industrial das Coisas.

A evolução é constante e acelerada, principalmente entre as montadoras de carros. As fábricas dispõem de sistemas inteiros capazes de contar estoque, repor ferramentas e até conduzir peças de reposição durante a produção dos veículos. Cada item é catalogado e registrado no banco de dados do fabricante. Dessa forma, informações como data de fabricação, número do lote entre outras, são armazenadas. Isso garante total controle de cada unidade, garantindo o destino certo para todas elas. Para este tipo de mercado, é a garantia da origem da peça, seja original, ou paralela.

Internet das Coisas no Brasil

No próximo ano está prevista a chegada do 5G no Brasil. Isso irá aumentar ainda mais a qualidade das conexões e, consequentemente, as possibilidades de utilização da IoT. Com uma conexão desse nível serão vários os benefícios, começando pela velocidade. Em pleno funcionamento, o 5G deverá entregar, no mínimo, 20 Gb/s de download e 10 Gb/s de upload. O que não significa que cada usuário atingirá sempre essa velocidade em seu dispositivo, porém, assegura qualidade de conexão quando diversos usuários estiverem conectados.

Na prática, isso significa videoconferências e ligações de vídeo mais estáveis, além da transmissão de Live Streaming mais rápidas e em alta definição. A internet das Coisas no Brasil já é realidade e dentro de seis anos, os benefícios gerados poderão atingir 10% do PIB nacional, algo em torno de R$200 bilhões em 2025.

Internet das coisas na educação

As crianças têm muita facilidade para aprender coisas novas. Outro aspecto, é o fato delas já nascerem inseridas nesse contexto de tecnologia e conectividade. O impacto da Internet das Coisas na educação é extremamente positivo para ajudar os alunos a compreenderem o conteúdo passado em aula. Com a IoT na educação, dentro da sala de aula, os alunos interagem com a matéria, aprendendo de forma natural e absorvendo o conteúdo exposto pelos professores.

As possibilidades são ainda maiores quando, aliada à IoT na escola, o aluno também tem acesso à internet em casa. É uma forma de garantir acessibilidade para alunos portadores de necessidades especiais, facilitando o acesso e motivando sua participação nas atividades escolares. Tudo isso contribui para que eles possam crescer, estimular diversas áreas de atuação, desenvolver o senso crítico e contribuir para a aprendizagem das crianças.

Internet das Coisas no Meio ambiente

O meio ambiente também será beneficiado com o desenvolvimento da IoT. Principalmente no que diz respeito à produtividade. Máquinas mais eficientes resultam e melhores soluções para o dia a dia dos usuários. Imagine poder, através do seu smartphone, programar o horário de pôr o lixo na rua. Melhor ainda, quando o caminhão estiver próximo da sua casa, é enviado um sinal em que a própria lixeira fará esse trabalho. Assim, imprevistos serão minimizados e o meio ambiente beneficiado, gerando menos resíduos e contribuindo para um planeta mais sustentável.

Outro ponto importa referente ao meio ambiente, diz respeito aos sensores desenvolvidos para a IoT. Através deles, especialistas têm acesso aos níveis de qualidade do ar utilizando o smartphone, por exemplo. Eles acompanham todos esses índices detectando mudanças e prevendo alterações acima da média. Esse tipo de aferição contribui para a agricultura em geral e minimiza o impacto agropecuário no meio ambiente.

Avanços da Internet das Coisas

O primeiro dispositivo IoT foi desenvolvido por Simon Hackett e John Romkey, após um desafio lançado por Dan Lynch. O desafio era desenvolver uma torradeira que pudesse ser ligada através da Internet. A torradeira funcionou e, como reconhecimento, o aparelho foi colocado em exposição durante a INTEROP 1990.

Importância da Internet das Coisas

Desde então a IoT está evoluindo e transformando a forma como vivenciamos nossas experiências. Hoje os desafios são muito maiores, desafiadores e mais complexos. O funcionamento da Internet das Coisas contribui para aperfeiçoar a medicina, facilitar tarefas domésticas, transações no comércio e na indústria, além de ser uma ferramenta muito útil na educação de crianças e jovens. Com os objetos conectados à internet, surgem novas possibilidades que contribuirão para a construção de um mundo mais conectado e sem fronteiras entre a internet e todas as coisas.

Internet das Coisas Hoje

A IoT já é realidade, mas para você poder usufruir de todos esses benefícios é preciso estar conectado à internet. Só a TIM oferece os melhores planos para você e sua família! Aproveite as condições especiais que preparamos especialmente para você desfrutar de toda a qualidade e velocidade TIM Live. São diversos planos, para os mais diversos públicos.

Não perca mais tempo e contrate hoje mesmo o pacote de dados que melhor atenda suas necessidades. Condições exclusivas para você acessar diversos conteúdos diariamente e com velocidades incríveis! Ligue grátis e contrate: 0800 729 0291

Se preferir, utilize os nossos outros canais de vendas: Me ligue | Chat Online | Compra Online localizados na parte superior da tela.

Garanta já a conectividade e interatividade que só a TIM Live pode te oferecer!

TIM Live Ultrafibra para casa

Veja mais posts TIM Live
2/3/2020
Email
A invenção do e-mail confunde-se com a da própria internet, sendo o e-mail, ligeiramente, mais antigo, sendo fundamental para a criação da rede mundial de computadores.
2/3/2020
TIM Live vs Coronavírus
A TIM Live visa atender a todos os clientes home office com a melhor qualidade de internet fibra neste momento que estamos passando, que é primordial evitar o contato, aglomerações e deslocamentos devido ao coronavírus.
2/3/2020
Internet das Coisas
Internet das Coisas (IoT) é a sigla para o termo em inglês “Internet of Things”, que em português significa Internet das Coisas. Entenda como “objetos inteligentes” podem se conectar através da internet das coisas.
Nós ligamos para você!
X
Preencha os dados abaixo e
ligamos para você em até 1 minuto!
Seg. a Sex. 8h às 23h | Sáb. 8h às 21h | Dom. 10h às 16h
Formulário enviado com sucesso!
Entraremos em contato o mais rápido possível.

Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta das 9h às 21h.
Oops! Something went wrong while submitting the form.